Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email:Senha:  
 
   
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » Turistas-serao-proibidos-de-estacionar-em-centro-historico.html


Home

Turistas serão proibidos de estacionar em meio histórico


A partir do dia 26 deste mês, motoristas que descumprirem novidade regra vão remunerar multa de R$ 130, 16

S estacionamento de veículos de turistas será proibido no meio histórico de Tiradentes, no Campo das Vertentes, a partir do término deste mês. As placas de sinalização devem ser instaladas até o dia 26 deste mês, e, a partir dessa data, motoristas que descumprirem as normas poderão ser multados por agentes municipais em R$ 130,16, além de perderem quatro pontos na carteira. Outra mudança vai ocorrer a partir de 30 de agosto, quando veículos de fardo de grande porte não poderão circundar no lugar.

As medidas têm o objetivo de preservar o conjunto arquitetônico urbanístico de Tiradentes, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1938, e foram anunciadas depois uma série de conversas com o próprio órgão e o Ministério Público Federal (MPF), que mostraram a premência da redução do fluxo de veículos.

“Tiradentes está pequena para o fluxo de turistas que vem recebendo. S pavimentação está sendo danificado. As medidas vão dar estrutura para o turista andejar na cidade, circunvalar com segurança, tirar fotos”, diz o secretário municipal de Trânsito, Transporte e Segurança, Ailton Duarte.

Segundo ele, somente pessoas credenciadas na prefeitura, porquê moradores e comerciantes, poderão estacionar no meio histórico, em três pontos específicos: Largo do Sol, rua Jogo de Bola e ao lado da Igreja do Rosário. “A sinalização é provisória, em caráter de experiência, e, se funcionar, vai permanecer”, explica o secretário. Em Tiradentes, os agentes de trânsito municipais têm poder de autuação e multa.

Para o secretário, a premência de preservação do meio histórico vai exigir que os turistas se adaptem. “S motorista do carruagem pode desembarcar um idoso, por exemplo, no meio histórico, estacionar na secção de plebeu da cidade e subir a pé”, detalha Cordeiro. Ele lembra que o meio histórico de Paraty (RJ) é totalmente fechado para carros.

Carga e descarga

Em relação à proibição de veículos de grande porte, a Lei Municipal 3.251, publicada em junho, estabelece 12 vias em que haverá restrições de circulação e de horários, estabelecendo os portes e os pesos máximos permitidos.

Fechamento totalidade é o ideal para proteção

Para o Instituto Patrimônio Artístico Nacional (Iphan), o fechamento totalidade do trânsito no meio histórico de Tiradentes seria o cenário mais indicado para a proteção do patrimônio da cidade.

“A carência de veículos permitiria uma relação mais direta entre o pedestre e o conjunto de casarios e seu traçado urbano tombado. S trajectória realizado a pé provoca outras experiências e percepções. Além disso, as trepidações provocadas pela circulação desses veículos afetam em longo prazo as estruturas das construções”, explica a encarregado do escritório técnico do Iphan em Tiradentes, Camila Ciccarone.

Ela pontua, no entanto, que o Iphan entende que há questões a ser consideradas, porquê os comércios e os serviços que atendem aos turistas e à acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida: “Para os turistas, a solução é oferecer mais alternativas de estacionamentos e transportes coletivos”.

‘P cedo para determinar resultados da medida’, diz associação

Alguns empresários têm receio de que a impossibilidade de estacionamento de veículos no meio histórico prejudique o negócio de alguma forma, segundo a presidente da Associação Empresarial de Tiradentes, Rejane Cunha. No entanto, ela diz que é cedo para calcular os resultados da medida. “As pessoas vão circundar mais e modificar os hábitos. Estamos passando por um processo de adaptação”, destaca.

Para ela, a regulamentação do trânsito de Tiradentes é precípuo para a preservação do meio histórico da cidade, mas a geração de estacionamentos regulamentados, com preços justos, também é necessária. “Temos que melhorar a quantidade de locais para as pessoas terem onde estacionar”, defende.

Saiba mais

Reaberto

S Museu Casa Padre de Toledo, um dos prédios mais importantes de Tiradentes, reabriu as portas nesta sexta-feira (12) com a exposição de documentos, imagens e acervos ligados à Inconfidência Mineira. A reinauguração é secção da programação do Festival de Inverno da UFMG.

Festival

Com o tema ‘Memória: arte e patrimônio’, as atividades em Tiradentes ocorrem no Campus Cultural UFMG.





Fonte Notícia -> :Fonte Notícia


Todos os direitos Reservados   © - 2019| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas