Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email: Senha:    
 
     
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » Presos-vao-produzir-22-mil-mascaras-de-protecao-contra-a-covid-19-por-dia-em-mg.html


Home

Presos vão produzir 22 milénio máscaras de proteção contra a Covid-19 por dia em MG


Material será talhado para o uso de hospitais, asilos, forças de Segurança e para a própria população

Muro de 200 detentos de 20 unidades prisionais de Minas Gerais irão ajudar na fabricação de máscaras de proteção contra a propagação do novo coronavírus. Expectativa é que, a partir da semana que vem, 22 milénio produtos sejam feitos por dia, que serão destinados a hospitais, asilos, órgãos da Segurança e pela própria população.

Segundo o Governo do Estado, a produção começou nessa terça-feira (24) no Multíplice Penitenciário de Ponte Novidade, na Zona da Mata. “Nas unidades prisionais de Minas, namoro, montagem e costura dos equipamentos utilizados por quem tem sintomas do Covid-19 seguem parâmetros de confecção da Vigilância Sanitária”, informou.

No município, o material seguirá para os hospitais Arnaldo Gavazza Fruto e Nossa Senhora das Dores, e também será utilizado por profissionais do Multíplice Penitenciário. Somente nesse lugar, 12 presas trabalham com a previsão de entrega de 4 milénio máscaras por semana.

Os insumos utilizados foram doados pela prefeitura e por empresários da cidade. “Estamos recebendo ajuda para poder ajudar o próximo. Faremos tudo que estiver ao nosso alcance”, destaca a diretora de Atendimento do Multíplice, Aline Araújo.

Já em Juiz de Fora, também na Zona da Mata, a camisaria Chico Rei começou nesta quarta-feira (25), a produção dos materiais na Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires. Cinco internos e costureiros que atuavam na confecção de camisetas no lugar vão produzir máscaras para quem atua na limpeza urbana do município e na unidade prisional.

Em Caxambu, no Sul de Minas, o trabalho vai estrear nesta quinta-feira (26), com a mão de obra de 15 presas. De entendimento com o governo, as detentas já confeccionam 5,8 milénio camisetas por mês. Elas irão operar 20 equipamentos industriais, porquê máquinas de namoro e overloque.

Na cidade, os materiais foram doados pela prefeitura, empresários da região, moradores da cidade e um policial penal de Três Pontas.





Manancial Notícia -> :Fonte Notícia


Todos os direitos Reservados   © - 2020| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas