Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email: Senha:    
 
     
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » Moro-e-dallagnol-citam-apoio-de-luiz-fux-em-novo-dialogo-vazado.html


Home

Moro e Dallagnol citam escora de Luiz Fux em novo diálogo vazado


Novo diálogo mostra que ministro Luiz Fux estava “fechado” com Sergio Moro e Dallagnol. Ex-ministro Teori Zavascki, que faleceu em acidente desatento, é citado de maneira depreciativa na conversa

Moro e Dallagnol citam apoio de Luiz Fux em novo diálogo vazado Moro e Dallagnol citam escora de Luiz Fux em novo diálogo vazado

Luiz Fux, ministro do STF (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

Leandro Demori, editor-executivo do The Intercept Brasil, revelou com exclusividade para o jornalista Reinaldo Azevedo, da rádio BandNews FM, uma novidade conversa envolvendo o ex-juiz Sergio Moro e o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Pela primeira vez, o nome de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) foi citado: Luiz Fux. S ministro foi responsável por barrar uma entrevista que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concederia à prelo no ano pretérito.

No trecho inédito, Dallagnol encaminha para Sergio Moro mensagens que enviou para um grupo de procuradores da operação. A conversa aconteceu no dia 22 de abril de 2016.

Deltan relata um encontro “reservado” que teve com o Fux. S procurador teria procurado o ministro para buscar base pessoal no STF para as ações da Lava Jato.

Deltan estaria preocupado com a “bronca” que Teori Zavascki deu em Sergio Moro depois o logo juiz propalar grampos ilegais de conversas pessoais entre o ex-presidente Lula e a logo presidente Dilma Rousseff.

Relembre:
Zavascki ataca Sergio Moro por divulgação de grampos

Em resposta, Sergio Moro — atual ministro da Justiça e Segurança Pública — comemora: “Excelente. In Fux we trust (no Fux confiamos, na tradução do inglês)”.

Veja também:
Moro pediu desculpas ao STF em seguida bronca de Zavascki

1560397829 47 Moro e Dallagnol citam apoio de Luiz Fux em novo diálogo vazado Moro e Dallagnol citam escora de Luiz Fux em novo diálogo vazado

S procurador disse ainda (imagem supra) que falou com Fux sobre a “prestígio de nos protegermos porquê instituições”; e acrescentou: “em privativo no novo governo”. Dallagnol se referia ao governo de Michel Temer.

Naquele momento, em abril de 2016, o impeachment de Dilma já havia sido autenticado na Câmara e o processo encontrava-se na lanço na qual foi formada uma percentagem peculiar no Senado Federal. S diálogo, portanto, leva a crer que Deltan e Moro contavam com a queda da petista. Quatro meses depois, o Senado derrubou Dilma Rousseff definitivamente.

Poucos meses depois, em janeiro de 2017, o ministro Teori Zavascki morreria em um acidente leviano que até hoje é considerado por muitos porquê mal explicado. Relembre:

— 10 fatos sobre a morte de Teori Zavascki que merecem atenção

S jornalista Reinaldo Azevedo, que divulgou o novo diálogo em primeira mão, observou:

“S que terá querido expor Fux quando asseverou que os procuradores e o juiz podiam “racontar” com ele? Fux estava tratando de forma depreciativa um colega — Teori Zavascki — que havia feito uma clara repreensão ao juiz por ter cometido uma ilegalidade. A conversa revela um pouco ilícito? Não! Trata-se exclusivamente de troço vergonhoso, que, mais uma vez, indica a falta de isenção de membros do Judiciário — nesse caso, de um integrante da Corte máxima — para mourejar com o ponto. Insista-se: Fux está a endossar uma ilegalidade num envolvente que lembra, tudo indica, uma conversa entre compadres.

A “crédito” em Fux fazia sentido. Foi o ministro que, agredindo os artigos 5º e 220 da Constituição, proibiu não exclusivamente que Lula desse entrevista porquê que a Folha a publicasse caso já tivesse sido realizada. Como deixam evidente conversas entre procuradores, reveladas por “The Intercept Brasil”, temia-se que eventual entrevista pudesse propiciar Twitter 
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.9”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));



Fonte Notícia -> :Fonte Notícia


Todos os direitos Reservados   © - 2019| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas