Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email: Senha:    
 
     
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » Encontro-em-juiz-de-fora-registra-publico-recorde.html


Home

Encontro em Juiz de Fora registra público recorde

“O Tribunal de Contas e os municípios” é um encontro que tem, entre outros, o TCE MG e o Sebrae Minas como parceiros
O primeiro Encontro Técnico “O Tribunal de Contas e os Municípios”, com o tema Planejamento e Controle em favor do desenvolvimento local, após a publicação do novo Estatuto Mineiro das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, que entrou em vigor no início do mês, recebeu um público recorde em Juiz de Fora.

O evento, realizado nos dia 5 e 6 de agosto na sede da Federação das Indústrias-MG(Fiemg)/Regional Zona da Mata, teve mais de 400 inscritos, representantes das prefeituras, câmaras e entidades de 143 municípios da região.

O Encontro Técnico é fruto de parceria entre o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), o Sebrae Minas, a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), o Instituto Ruy Barbosa (IRB) e a Associação Mineira dos Municípios (AMM), com apoio da Fiemg/Zona da Mata.

Na abertura, o vice-presidente do TCEMG, Conselheiro Sebastião Helvécio, que representou a presidente Adriene Andrade, disse estar orgulhoso da participação de diversas autoridades ligadas diretamente à causa do desenvolvimento local. Na mesa de honra, o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro; os deputado federal Júlio Delgado e estadual, Leonardo Moreira; o prefeito de Juiz de Fora, Bruno Junqueira; o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Paraibuna (Amvap) e prefeito de Rio Pomba, Fernando Antônio Dutra Macedo, que representou o presidente da AMM, Antônio Carlos Andrada; o presidente da Atricon, conselheiro Antônio Joaquim, o presidente da Fiemg Regional Zona da Mata, Francisco Campolina; o gerente Nacional de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick; o diretor de Operações do Sebrae Minas, Fábio Veras e o tenente coronel Moizes Ricardo Pinto, comandante do 27º Batalhão da Polícia Militar.

Sebastião Helvecio convidou os participantes a acessar o Portal do TCEMG e acompanhar o mapeamento feito pela instituição das receitas e despesas dos 853 municípios de Minas. “Usem esse caminho, o caminho do controle social”, convocou. De acordo com o Conselheiro, o novo Estatuto abre a possibilidade de os municípios destinarem recursos de R,5 bilhão para a contratação de empresas locais, gerando riquezas e, principalmente, trabalho para os moradores da região. “Só com trabalho teremos uma sociedade mais justa, honesta e solidária”, concluiu.

Para o Presidente da ALMG, Dinis Pinheiro, a parceria estabelecida entre essas instituições na defesa do desenvolvimento local é um dos momentos mais ricos já vividos na sua vida pública. Ele alertou que “o novo Estatuto é fabuloso, mas é preciso que seja despertado nos municípios e no Estado para que possamos colher seus frutos”.

O presidente da Atricon, conselheiro do TCE-MT, Antônio Joaquim, afirmou que “as cortes de contas são as maiores instituições da República brasileira capazes de estimular o controle social” e fez mais um apelo para que a emenda constitucional que cria o Conselho Nacional dos Tribunais de Contas seja aprovada pelo Congresso Nacional.

O prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, também enalteceu a atuação dos tribunais de contas e salientou que, com suas contribuições, pode-se evoluir muito na administração pública municipal, “com uma gestão mais eficiente, menos burocrática e mais democrática”.

Na opinião do deputado Federal Júlio Delgado, “não adianta discutir contas se não houver recursos para gerá-las. Daí a importância da aplicação do novo estatuto para motivar o desenvolvimento, mesmo diante da crise atual de arrecadação”.

O presidente da Amvap, Fernando Antônio Macedo, chamou a atenção para o avanço alcançado pelo Tribunal de Contas mineiro e convocou seus associados a acompanharem essa evolução, “por meio da qualificação e da capacitação em encontros como esses”.

O eiretor de Operações do Sebrae Minas, Fábio Veras defendeu o mapeamento da atividade econômica local, “identificando-se os potenciais fornecedores e produtores regionais para que a nova legislação possa, aí sim, alcançar sua completa eficácia”.

Temas
O tema do Encontro foi escolhido em atendimento às principais demandas por capacitação apresentadas por prefeitos e vereadores durante a 1ª Conferência de Controle Externo, realizada pelo TCEMG nos dias 18 e 19 de abril, no Expominas, em Belo Horizonte.

O Sistema Informatizado de Contas dos Municípios (Sicom); os instrumentos de planejamento com ênfase na Lei Orçamentária Anual e na abertura de créditos adicionais; a apresentação do Geo-obras, um software desenvolvido para gerenciar as informações das obras executadas por órgãos das esferas estadual e municipal; e as licitações e contratações públicas em início de mandato são algumas das questões abordadas na programação.

Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas
Ao tratar do desenvolvimento local, um dos mais destacados temas debatidos nos Encontros Técnicos tem sido a importância da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas – a Lei Complementar 123/06 –, implementada em apenas 195 dos 853 municípios mineiros, e que é objeto do Projeto “Prosperar”, realizado em parceria pelo TCEMG, Sebrae e AMM. A LC 123, que institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, foi editada em 14 de dezembro de 2006, em atendimento à Constituição Federal de 1988 que, nos artigos 170 e 179, estabelece a necessidade de uma política pública para assegurar os benefícios às pequenas empresas, objetivando reduzir a desigualdade existente entre elas e as demais empresas.

Assessoria de Imprensa do Sebrae Minas – (31) 3379.9278
Texto: Assessoria de Imprensa do TCE
Fonte:RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias Mato Grosso


Todos os direitos Reservados   © - 2020| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas