Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email: Senha:    
 
     
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » A-profetiza-greta-a-afetacao-de-boas-intencoes-e-o-monopolio-da-virtude.html


Home

A “profetiza” Greta, a afetação de boas intenções e o monopólio da virtude


A presença da moça sueca Greta Thunberg na ONU para “falar” sobre o clima, numa performance emocionante para alguns, constrangedora para outros, foi porquê um furacão: impossível de ignorar. Dividiu o mundo entre os que ficaram derretidos por tanto “altruísmo”, e os que ficaram revoltados pelo uso exploratório de uma pequena de 16 anos, visivelmente problemática, para uma justificação política.

Essa é sua material gratuito do dia. Assine agora e tenha aproximação indeterminado.R$ 0,99 no 1º mês

Afetar boas intenções e sinalizar virtudes é a coisa mais fácil do mundo na era das redes sociais. Basta repetir certos clichês, curtir alguns slogans, e jogar para a plateia, sentindo-se a espírito mais bondosa que já pisou no planeta. Não precisa fazer zero de roupa. Não precisa regar uma samambaia, plantar uma árvore: basta compartilhar o vídeo da moça sueca e pronto, você é uma pessoa melhor, engajada, preocupada com o meio envolvente. É patético.

Mas, infelizmente, essa “lacração” seduz e pega até gente que deveria se portar de forma dissemelhante, mais séria. Uso porquê exemplo para ilustrar isso o caso de Joel Pinho, fruto de Eduardo Giannetti da Fonseca. Joel, que se diz liberal, cada vez mais age porquê “progressista”, ou seja, alguém que sucumbiu a essa ditadura do politicamente correto. Eis o que ele escreveu sobre a pequena:

Reparem que ele começa com a escusa de que não é um fã de Greta. Isso prepara o terreno para a babação de ovo que vem em seguida. Ele fez seu alerta: nem é um fã, mas… age porquê um fã. E ainda a labareda de “vaticinador” (sic). Uma fedelha de 16 anos, que repete clichês de forma mais estereotipada ainda, digna de desempenho artístico em Hollywood, virou uma profetiza!

No mais, evidente que sua intenção é influenciar leis, ou seja, sua retórica serve para impactar legisladores, e é só por isso que gera reações fortes, e merece ser rebatida.

Eu comentei, logo, que o esquerdismo do Joel era insanável, no que ele retrucou: “Sim, querer impedir uma catástrofe ambiental é coisa de comunista”. E cá é que mora o risco. Isso é puro monopólio dos fins nobres.. Logo os meios pregados de forma histérica pela moça fantoche vão impedir uma “catástrofe ambiental”, por eventualidade? Sério?! Ou o que vale é afetar boas intenções somente?

Greta é em prol da pujança nuclear, por casualidade? Pois é a mais limpa que temos, depois da hidrelétrica. Parar de consumir mesocarpo é um pouco que vai, de indumento, impedir uma “catástrofe ambiental”? A mocinha sequer denuncia a China, o país que mais polui o planeta. Mais fácil lutar os Estados Unidos e o capitalismo, não?

Greta encanta somente quem não quer debater seriamente sobre meio envolvente. Greta seduz quem quer “lacrar”, quem quer posar de bonzinho, de moderninho, de descolado, de cidadão consciente. Ela é símbolo somente para quem vive no mundo da estética, sem se importar com resultados práticos, concretos.

Que adultos supostamente sérios, e que ainda por cima se dizem liberais, caiam nessa litania boboca é realmente um espanto!

Rodrigo Constantino



Manancial Notícia -> :Fonte Notícia


Todos os direitos Reservados   © - 2019| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas