Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Santa Luzia Empresas - Se guia Comercial Luziense
Email: Senha:    
 
     
Esqueceu a senha??
Você esta em: Home » $title » Oab-sp-cria-comissao-voltada-para-startups.html


Home

OAB-SP cria percentagem voltada para startups

oab startup OAB SP cria percentagem voltada para startups

Um grupo de advogados criou a percentagem de “Estudos de Legislação Empreendedorismo Criativo”, na OAB de São Paulo. De tratado com Arthur Nascimento, presidente da iniciativa, a percentagem é voltada especificamente para debater problemas regulatórios, tributários e de registro no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) no contexto das startups.

“S motivo da geração da percentagem foi de ajudar a fomentar o ecossistema de inovação e startups no Brasil, ser colaborativo desenvolvendo e apresentando projetos que irão concordar o preendedorismo, com o nome e suporte da OAB”, diz.

De tratado com os responsáveis, a percentagem é formada por pessoas que estão inseridas no mercado de startups e conhecem os maiores desafios jurídicos, possuindo condições de colaborar com soluções viáveis. A percentagem terá reuniões mensais e será composta, também, por colaboradores não advogados que irão participar de encontros com a percentagem e ajudar a enriquecer os debates. Atualmente, há 11 membros ativos.

“S objetivo da percentagem é debater as principais dificuldades jurídicas enfrentadas pelos agentes do ecossistema de inovação e startups, apresentando possíveis soluções a término de fomentar o preendedorismo e a inovação no Brasil”, explica o presidente.

No início deste ano, o escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados criou o BNZ for Startups, solução voltada para o público preendedor. Arthur Nascimento, também instituidor desta iniciativa, teve a teoria de fabricar um atendimento personalizado para startups quando fazia uma pós-graduação gestão de presas no Insper.

“No transcursão do curso, tive aulas de preendedorismo e aprendi muito sobre o ecossistema de startups. Vi que faltavam escritórios jurídicos que pudessem oferecer um serviço atingível a esse público”, conta. “A maioria dos escritórios tradicionais tem uma atuação consolidada, com clientes grandes e uma grife reconhecida. P muito difícil eles mudarem seu núcleo de atuação e oferecem um serviço mais alcançável e para startups”, completa.

S OAB-SP cria percentagem voltada para startups Startupi.

Fonte:Startupi


Todos os direitos Reservados   © - 2017| Hospedado em: Hospedeme  Rss Facebook Siga-me no Twitter You Tube
Desenvolvimento F7 Sistemas

Mude para versão para dispositivos móveis deste site